« Home | «A little bit of History repeating» » | Um cavaquinho americano em Paris » | Ladyhawke, Os Pontos Negros, Santogold, El Perro d... » | Have yourself a merry little duel » | Às vezes... » | Rock paintings from Japan... » | Das lendas de D. Reininho: para perguntas assim, r... » | And the student tries to become the teacher » | Depois de Shark Attack, Shark Attack 2 e Shark Att... » | Partido do Campo Pequeno » 

07 dezembro 2008 

Breviário de leituras: 12 erros que mudaram Portugal

12 erros que mudaram Portugal, João Vasco Almeida & Rui F. Baptista

«Criar um hino para um país não foi, nem de perto nem de longe, a intenção de Keil do Amaral nem de Lopes de Mendonça. A ideia era tão simples como a de criar uma cantiga para apoiar a selecção nacional de futebol, mas depois, por motivos que escapariam aos autores, a musiqueta acabou cantada nas bocas do Estado. Imagine o leitor, por exemplo, que um golpe de Estado tinha feito da música de Nelly Furtado Como Uma Força o hino de Portugal para o século XXI e a cada 25 de Abril o Presidente e o primeiro-ministro cantariam, em uníssono, na Assembleia, os belos versos "Como uma força / como uma força / que ninguém pode parar..."».
_________

Etiquetas:

Links to this post

Criar uma hiperligação

B.I.

Coisas Breves

Powered by Blogger
and Blogger Templates