« Home | Shelter 2.0 » | Um poeminha para os dias cinzentos » | «For never was a story of more glee / Than this of... » | «I felt a great disturbance in the Force» » | Ch-ch-ch-changes: words from the wise (29) » | Dumb and dumber » | Days like these (da série "desculpe, posso roubar-... » | «We're not computers, Sebastian, we're physical» (... » | De cara a la pared: words from the wise (28) » | 2010, o ano dos mortos-vivos (parte 2) » 

11 janeiro 2010 

Breviário de fitas: o xerife de Baker Street

Sherlock Holmes, Guy Ritchie

«But that’s what I get paid for - the complications.»

Curioso como o menos Guy Ritchie de todos os filmes de Guy Ritchie acaba por ser também o menos Sherlock Holmes de todos os filmes de Sherlock Holmes. Nem este Holmes tem os trejeitos chiques de Jeremy Brett nem a trama segue os passos clássicos - e só aqui e ali é que nos lembramos que estamos num filme do realizador de Snatch e RocknRolla. No fundo, esta aventura podia passar-se com qualquer outro detective, cowboy ou super-herói da BD em qualquer outro filme de Hollywood. Mas nada disso torna este Holmes 2.0 menos divertido e menos carismático. Pelo contrário: a química entre Downey Jr. e Law é deliciosa, a acção é empolgante e a banda-sonora de Hans Zimmer é de se lhe tirar o chapéu.
__________

Etiquetas:

Links to this post

Criar uma hiperligação

B.I.

Coisas Breves

Powered by Blogger
and Blogger Templates