« Home | Breviário de fitas: gangsta's paradise » | Breviário de leituras: The dangerous alphabet » | Como começar as férias da melhor maneira » | «I'm Eddie Felson. I shoot straight pool» » | Here's looking at you, kid » | Da rotina » | Breviário de leituras: Uncle Montague's tales of t... » | Breviário de sons: the Kids are alright (descubra ... » | Breviário de leituras: Kockroach - a metamorfose » | Today... » 

02 outubro 2008 

Breviário de fitas: dumd & dumber

Destruir depois de ler, Joel & Ethan Coen

«- So what did we learn from this?
- Huh... I don't know.
- I don't fuckin' know either.
»

É espantosa a forma aparentemente simples como os Irmãos Coen conseguem saltar de obra-prima em obra-prima, como se não custasse nada. É verdade que, pelo meio, houve tempos de pouca graça, mas é curioso que a nova comédia dos Coens chegue ainda na ressaca do Óscar e exactamente 10 anos depois d'O grande Lebowski. É que há muito de Llewelyn Moss e de Dude em Harry Pfarrer e em Chad Feldheimer. E na estória de Harry e Chad, tal como nas de Llewelyn e Dude, há cromos demasiado obtusos para terem noção do que estão a fazer e azarados com alguma cabeça apanhados no fogo cruzado sem saber como, há muitas pequenas idiotices acumuladas que dão numa grande estupidez, há um humor demasiado cáustico e surpresas demasiado brutais, há muito que fica por dizer e ainda mais para ler nos olhares, há sempre um ponto final quando menos se espera e um anti-clímax no momento certo. E há, nesta estória, alguns dos momentos mais hilariantes que os Irmãos Coen nos deram. É espantosa a forma como os Coens conseguem fazer comédias tão inteligentes sobre gente tão burra.
_________

Etiquetas:

What the...!

Oh pá eu também fui ver! Para a próxima combinamos café, boa? :)

beijinho grande com saudade.
fil.

Enviar um comentário

Links to this post

Criar uma hiperligação

B.I.

Coisas Breves

Powered by Blogger
and Blogger Templates