« Home | E agora para algo completamente diferente » | It was 40 years ago today... (revista de postas) » | Breviário de leituras: Hush » | Então e... » | Breviário de leituras: Y, the last man (2 a 5) » | Breviário de fitas: Movers and shakers and pushers... » | Breviário de fitas: As vampiras lésbicas de modorr... » | Breviário de fitas: Alientheid » | Breviário de sons: rock glazbe iz Hrvatska » | Breviário de leituras: Leite derramado » 

05 outubro 2009 

Breviário de fitas: «I love the smell of napalm in the morning»

Estado de guerra, Kathryn Bigelow

«- What's the best way to go about disarming one of these things?
- The way you don't die, sir.
»

Tantos anos depois do desastroso K-19 e tantos mais desde o alucinante Strange Days, o regresso de Kathryn Bigelow não podia ser mais surpreendente. Este é um retrato iluminado e realista de uma guerra feita guerrilha, com tanto de dramático quanto de subversivo, cheio de interpretações subtis mas convincentes de actores de segunda linha aqui transformados em estrelas por direito próprio (sublinhadas pelos cameos discretíssimos de outras estrelas) e de uma tensão tão trepidante quanto pungente. Não será o Apocalipse Now deste Iraque 2.0, mas este sargento William James não desmereceria um lugar ao lado de um certo Tenente-coronel Kilgore.
__________

Etiquetas:

Links to this post

Criar uma hiperligação

B.I.

Coisas Breves

Powered by Blogger
and Blogger Templates