« Home | Breviário de fitas: As vampiras lésbicas de modorr... » | Breviário de fitas: Alientheid » | Breviário de sons: rock glazbe iz Hrvatska » | Breviário de leituras: Leite derramado » | «Fiquei a saber que existem vulnerabilidades» » | Breviário de leituras: A viagem do elefante » | Tjedna Hrvatska: notas de viagem » | Doviđenja » | So you’ve heard of every instrument but... » | Breviário de sons: glazba za odmor » 

02 outubro 2009 

Breviário de fitas: Movers and shakers and pushers and sniffers...

Push - os poderosos, Paul McGuinan

«Right now, the future I see doesn't look so great. The good news is, the future is always changing»

Mais próximo de Jumper do que de Heroes, o novo filme do realizador de Lucky number Slevin comete o mesmo erro de tantos outros, o de ter mais areia que camioneta. Demasiado universo, demasiada história, demasiados pormenores, demasiadas personagens, demasiados poderes para um só filme. Tal como Jumper, também este Push poderia ser o piloto de uma nova série de televisão ou o primeiro fascículo de uma série de comics. Mas ao contrário de Heroes, este Push não tem mundo nem originalidade suficiente para aguentar um segundo episódio... Safa-se o ritmo e o visual da coisa e a interpretação de Dakota Fanning. De resto, não sendo nenhuma maçada nem um completo desperdício de tempo, é como diz, a dado momento, o protagonista: «You already know the ending to this story. You can only draw it so many ways».
__________

Etiquetas:

Links to this post

Criar uma hiperligação

B.I.

Coisas Breves

Powered by Blogger
and Blogger Templates