« Home | «Sam was brushing her hair when the girl in the mi... » | A crise toca a todos » | Empate técnico » | Breviário de palcos: esta tarde, representa-se » | Big bad wolf on canvas » | O nascimento da tragédia no espírito do golo (revi... » | E agora, Lisboa... » | À Paulada pela Nossa Democracia » | 13 dias (revista de postas) » | Ah, o regresso ao trabalho é sempre um dia tão lon... » 

13 outubro 2009 

Breviário de leituras: A sombra do que fomos

A sombra do que fomos, Luis Sepúlveda

«Voltou às palavras cruzadas. Seis letras, cidade do País Basco.
- Bilbau, sai sempre. Porque não põem palavras inteligentes que tenham a ver connosco? Por exemplo, dez letras: campo de concentração de onde, se te levam de noite, nunca mais apareces: Puchuncaví. Oito letras: o que sentes quando os teus velhos vão visitar-te à prisão e te dizem que o teu irmão Juan morreu crivado de balas numa lixeira: tristeza. Seis letras: o que sentes se ao abrir um buraco na terra, encontras três esqueletos com as mãos amarradas e um deles tem calçado os sapatos do teu irmão Alberto: raiva. Porra, estou a falar sozinho outra vez.»
__________

Etiquetas:

Links to this post

Criar uma hiperligação

B.I.

Coisas Breves

Powered by Blogger
and Blogger Templates